domingo, 25 de março de 2012

Mudanças

Muda de hábito
muda rotina
muda de ares
muda pra sempre

É o mundo girando
As pessoas gritando
Que pra viver nesse mundo
tem que ser diferente

Faz parte do xou
é só pra quem sabe
tem que dar valor
pra que não acabe

Os velhos conceitos
agora mudaram
nem sempre gente presa
tem corpo fechado

mulheres peladas
peitos, bundas
ó, meu Deus, que diversão!
homens depilados
peitos, bundas?
meu Deus, que inversão!

Meu medo é mudar junto
mudar a rotina
mudar de ares
mudar pra sempre
e me tornar algo que eu nunca quis ser
com um baita medo de ser diferente.



Mau do homem

O mau do homem
é estar no topo da cadeia
enclausurado
confinado em seu raciocínio
em seu domínio

O mau do homem
é não ter predador natural
é matar sem culpa
é fugir impune
é vangloriar-se da destruição
que precede a sua.

É mau do homem, sim
achar que pode fazer o que bem quer
remendar o Darwinismo
pisotear multidões
criar respeito escondido atrás das armas
de fogo ou de argumentos
é aproveitar-se da destruição
que precede a sua

O homem é pura ganância
Mal sabe que tudo tem volta
que a vingança não é servida em pratos quentes
E quando finalmente as suas ações
deixarem de ser precedentes
A sua própria destruição surgirá
Rebaixando-o ao lixo
que um dia foi a base de sua cadeia alimentar.